INSCREVA-SE:
Edital de Chamamento 01/2018
MAIS INFORMAÇÕES: produtordeagua@emasa.com.br
Tire suas dúvidas:
EMASA: (47) 3367-8342 / FUCAM: (47) 3365-2311

Produtor de Água faz vistoria em propriedades inseridas no programa na região do Caetés

08 fevereiro, 2019

A cada seis meses, a equipe do Projeto Produtor de Água, programa que visa a recuperação das áreas de preservação permanente das margens do Rio Camboriú, realiza vistorias nas propriedades participantes para a liberação do Pagamento por Serviços Ambientais (PSA). No dia 26 de janeiro, a equipe vistoriou duas propriedades na localidade do Caetés, em Camboriú.

Um dos proprietários visitados e amparados pelo projeto desde 2017, é o senhor José Rodolfo Bernardes. A sua propriedade é a maior inserida no Produtor de Água. Dos 600 hectares de território, 483 estão inseridos no projeto como área de conservação e restauração. Também existem 96 nascentes espalhadas na propriedade, que dão origem a cursos de água. “Eu tenho essas terras desde 1979, no início eu não entendia sobre preservação, e até desmatei uma parte. Mas com o passar dos anos, aprendi sobre a importância de manter a propriedade preservada e passei a fazer reparos nesses locais”, disse Jose Rodolfo Bernardes.

De acordo com a engenheira Ambiental responsável pelo programa, Rafaela Santos, a cada seis meses o suporte técnico faz vistoria nas propriedades para liberar o valor do auxílio, que é calculado pela área inserida. “Durante as visitas, a equipe técnica verifica se a área está sendo preservada e também auxilia o morador com orientações”, disse Rafaela Santos. A equipe também auxília o morador com serviços de restaurações da região, como plantio de mudas, cercamentos, regeneração, adubação e outros serviços necessários para a recuperação do território.

A outra propriedade vistoriada foi a da Leonila Silva Pinheiro, que faz parte do projeto desde 2015. São 28,5 hectares inseridos como área de preservação e restauração, e existem cinco nascentes espalhadas pela propriedade. “Aqui a gente toma água direto da nascente. A água vem de forma natural para a encanação, sem tratamento e sem refrigeração”, explica Leonila.

Vale ressaltar que já está aberto o novo Edital 01/2019 para os interessados em integrar ao Projeto. O edital já está disponível no site da Autarquia Municipal (www.emasa.com.br) ou no site do Projeto Produtor de Água do Rio camboriú (http://www.emasa.com.br/produtordeagua/) na aba “Inscrições” e fica aberto durante todo o ano.